A Praça Tiradentes é o berço histórico de Curitiba.

Era o antigo Largo da Matriz e passou a se chamar Largo Dom Pedro II, quando o imperador visitou Curitiba, em 1880. Com o regime republicano, tornou-se Praça Tiradentes, em 1889. O peso histórico da Praça inspirou a instalação, no local, de estátuas de alguns personagens históricos.

A Praça Tiradentes também possui terminal de ônibus e é o ponto de partida da Linha Turismo.

Veja, também, bairro de São Francisco.

 

 

Praça Tiradentes

 

Praça José Borges de Macedo e o Pelourinho

Criada em 1963, a Praça José Borges de Macedo é, na prática, uma extensão da Praça Tiradentes e compartilha sua herança histórica. Nela teria sido erguido o Pelourinho, em 1668.

Em 1994, a Praça passou a abrigar as Arcadas do Pelourinho: instalações em forma de arcos com banca de revistas, lojas de flores e um café.

Arcadas do Pelourinho, em Curitiba, Paraná

As Arcadas do Pelourinho. Ao centro, a Fonte Maria Lata D'Água, de 1996, com escultura do artista paranaense Erbo Stenzel. Na Praça José Borges de Macedo, em Curitiba.

 

 

 

 

 

◄ Atrações de Curitiba

 

A Catedral de Curitiba

A Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz de Curitiba pode ser considerada a mais importante construção da Praça Tiradentes. Foi construída de 1876 a 1893, em estilo neo-gótico, inspirado na Igreja da Sé de Barcelona. Ocupa o mesmo local da antiga matriz do século 17, bem como o da sua sucessora, construída em 1720.

Como suas antecessoras, a Catedral é dedicada e abriga a imagem de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, Padroeira de Curitiba. É Catedral Basílica Menor desde 8 de setembro de 1993, quando completou 100 anos.

Catedral de Curitiba, Paraná.

Interior da Catedral de Curitiba, Paraná.

 

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Lugares históricos do Paraná.

 

Cidade Curitiba